Início » Netflix corta cenas de abuso sexual com Klara Castanho em ‘Bom dia, Verônica’

Netflix corta cenas de abuso sexual com Klara Castanho em ‘Bom dia, Verônica’

Os últimos acontecimentos envolvendo a atriz Klara Castanho, fizeram a tomar uma decisão. Cortar a cena da segunda de “Bom Dia, Verônica”, que não tem data de estreia. Na trama, Klara Castanho vive uma jovem estuprada pelo próprio pai, interpretado por Reynaldo Gianecchini. 

A atriz assinou com a em julho do ano passado e gravou a série no inicio de setembro (antes de ser vítima de estupro na vida real). O caso veio à tona no sábado, 25 de junho.

Klara se transformou na estrela da plataforma tendo em vista vários projetos. Em “Bom Dia, Verônica”, ela é Ângela, uma menina abusada pelo próprio pai, líder religioso e acima de qualquer suspeita.

Matias (Reynaldo Gianecchini) é respeitado, casado e pai de uma jovem de 18 anos, personagem de Klara Castanho. Só que o religioso, de santo não tem nada. Ele abusa da mulher, Gisele (Camila Márdila), e da filha sem levantar nenhuma desconfiança. Porém, os fiéis da consideram Matias um herói.

Gisele descobrirá que Matias abusa das mulheres, inclusive a própria filha. Segundo a sinopse da história, ela só consegue se livrar do marido, no último episódio da temporada. Para isso acontecer, ela pede ajuda a Verônica (Tainá Müller).

Cenas explícitas

Na série, não existe nenhuma ena explicita de estupro com Klara. De acordo com a Netflix, as sequências são todas sugeridas, ou seja, dão a entender. A série já teve uma primeira edição feita, e a finalização ainda está pendente. 

De acordo com o site Notícias da TV, que teve informações de fontes,dão conta que a está dando total apoio a Klara antes mesmo da publicação da carta aberta da atriz. A plataforma garante que vai ter ainda mais cuidado na edição das cenas que envolvam a personagem e na forma e divulgação da trama.

Leia Mais
Pandemia: Segundo confinamento em Portugal pode deixar país sem Netflix, HBO e YouTube

Entenda o caso

No sábado (25), a atriz Klara Castanho, de 21 anos, divulgou uma carta em que revelou que foi vítima de estupro, engravidou e decidiu entregar a criança para seguindo todos os trâmites legais. Ela não tinha intenção de expor esse episódio de sua vida. No entanto, sites e redes sociais de fofocas trouxeram a história a público, e promoveram ataques à atriz.

Na carta aberta, a jovem declara: “Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo.”

De acordo com o site G1 da Rede Globo, tudo começou com um post do Matheus Baldi no dia 24 de maio, dizendo que Klara teria dado à luz a uma criança. A pedido da própria atriz esse post foi apagado, mas a notícia se espalhou. Na última quinta-feira (23), a apresentadora Antônia Fontenelle incitou ainda mais os comentários contra Klara na internet.

Embora não tenha citado o nome da atriz, Fontenelle disse em uma live, em tom bastante agressivo, que uma atriz de 21 anos teria engravidado e entregue o bebê para adoção. E depois disso, Klara se manifestou pela primeira vez sobre o assunto, através de uma carta aberta em sua rede social. “Fui estuprada. Relembrar esse episódio traz uma sensação de porque algo morreu em mim”, declarou Klara.

5 thoughts on “Netflix corta cenas de abuso sexual com Klara Castanho em ‘Bom dia, Verônica’

  1. Excellent blog! Do you have any recommendations for aspiring writers?
    I’m hoping to start my own blog soon but I’m a little lost on everything.
    Would you advise starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many choices out there that I’m completely confused ..
    Any recommendations? Thanks!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.