Início » Por que as pessoas têm lapsos de memória?

Por que as pessoas têm lapsos de memória?

Você já teve algum lapso de memória? Esquecer por exemplo o que ia falar ou fazer? especialistas, esse tipo de lapso de memória é chamado de “efeito porta”, termo criado pelo professor de psicologia e ciências cognitivas da Universidade de Sheffield, na Grã-Bretanha, Tom Stafford. Ele considera que a memória falha, literalmente, ao se cruzar uma porta.

Esquecimentos eventuais, especialmente em momentos de muito cansaço ou estresse emocional, costumam ser aceitáveis.

Muitos problemas na cabeça podem fazer você ter algum tipo de esquecimento, o que aumenta as chances do “efeito porta”. Geralmente acontece quando a pessoa tem muitas coisas na cabeça e perde o foco no que está fazendo, esquecendo o porquê está naquele lugar, por exemplo. 

Estudos feitos na Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos, e na Bond University, na Austrália, comprovaram que quando passamos por uma porta, podemos ter lapsos de memória em relação a objetos, a coisas materiais. Um exemplo disso, é quando você está na sala vendo TV e de repente sente vontade de tomar água, porém, ao chegar à cozinha, esquece o motivo de ter ido até lá. Ai, desiste e volta para a sala e continua vendo TV.

Isso acontece, porque ao mudar de ambiente, você muda o foco de sua atenção.

Alguns sintomas do esquecimento

Não escutar quando lhe dirigem a palavra.

Ser facilmente distraído por estímulos externos.

Ser esquecido em relação a atividades cotidianas.

Ter dificuldade para organizar tarefas e atividades.

Perder objetos necessários às tarefas ou atividades.

Evitar, não gostar ou relutar em se envolver em tarefas que exijam esforço mental prolongado. É comum o hábito da procrastinação nesses indivíduos.

Leia Mais
Você sabia que a ansiedade é biológica?

Deixar de prestar atenção a ou cometer erros por descuido em atividades escolares, de ou durante outras atividades.

Não seguir instruções, não consegue terminar tarefas domésticas ou tarefas no local de trabalho.

Como manter o foco

Para trabalhar tanto a atenção como a memória recente, especialistas indicam várias técnicas para evitar os lapsos de memória. Fazer uma lista do que deseja lembrar ou ainda agrupar informações importantes em uma sequência temporal, com começo, meio e fim.

É importante evitar que outro pensamento ocupe sua mente enquanto você estiver realizando uma tarefa. Jogos como xadrez, quebra-cabeça e atividades como palavras-cruzadas proporcionam uma melhora perceptível à memória.

Outra técnica interessante é assistir a um episódio de uma série ou um filme e anotar em seguida o maior número de que lembrar ou ouvir uma história e contar a alguém da forma mais fiel possível.

Ler também é uma atividade importante, já que a leitura proporciona exercitar a imaginação, o raciocínio e a memorização. Também é possível resumir em texto o que foi lido ou estudado.

Pode ser doença mental?

Calma, lapso de memória não significa que você tem uma doença mental. No entanto, é bom ficar de olho, porque às vezes o esquecimento pode causar ansiedade e angústia.

Nos casos em que seus lapsos sejam muito frequentes, terapeutas e psicólogos podem ajudar em casos mais brandos. Porém, pessoas mais idosas, isso pode ser um sinal de demência, o que será necessário o auxílio de um psiquiatra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.